Login: E-mail Senha Lembrar senha

Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor - Tel: +55 11 5904-2881 / 5904-3959 - Whatsapp: 11 99408-0079

Má postura é a principal causa de dores nas costas, mostra pesquisa

Nós somos os maiores responsáveis pela dor nas costas que sentimos. É o que revela a pesquisa Dor no Cotidiano, realizada por Advil com o apoio do Ibope Conecta. De acordo com o estudo, manter uma boa postura no dia a dia é a principal atitude para impedir que os incômodos musculares apareçam. No ano passado, a dor nas costas foi o problema que mais afastou pessoas do trabalho, segundo o INSS.

— Um dos fatores da dor nas costas é a idade. E as pessoas, com o passar dos anos, vão pagar pelos exageros que fizeram durante a vida. A outra é a postura, que é fundamental, pois se nós forçarmos a coluna lombar mais do que ela é capaz de suportar ocorrem alterações que levam à dor — explica Irimar de Paula Posso, o presidente da Sociedade Brasileira Para o Estudo da Dor (SBED).
Para o neurocirurgião Adriano Scaff, especialista em medicina da dor, ações diárias feitas de maneira correta podem aliviar os problemas na coluna.

— As pessoas não percebem que erram na postura. O importante é estar atento para realizar os movimentos corretos e evitar maiores transtornos — conta o médico, que dá dicas de como evitar as dores (veja acima).

Fazer atividades repetitivas ou se manter na mesma posição por muito tempo — sentado, de pé ou dirigindo, por exemplo — também pode causar dores nas costas. Outro fator que gera prejuízo para a coluna, e preocupa o médico Irimar de Paula Posso, é o uso excessivo dos smartphones.

— Daqui a alguns anos teremos uma geração com dor no pescoço, porque, enquanto estão mexendo no celular, as pessoas olham para baixo, e isso força o pescoço. O certo é mantê-lo na posição ereta — afirma o médico.
 

Fontes e Referências
Dr. Irimar de Paula Posso - Presidente da SBED 2016-2017
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home