Login: E-mail Senha Lembrar senha

Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor - Tel: +55 11 5904-2881 / 5904-3959 - Whatsapp: 11 99408-0079

Artigo dos Comitês de Dor da SBED

Artigo Comentado - Comitê de Dor no Idoso

Comite de dor no idoso

Trata-se de um estudo descritivo, analítico e de corte transversal do “Projeto Longevos”, da disciplina de Geriatria e Gerontologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), que acompanha, desde o ano de 2010, idosos com idade igual ou mais de 80 anos de ambos os sexos residentes na comunidade, na cidade de São Paulo, SP. Tem como fator de inclusão a independência funcional nas atividades básicas de vida diária (AVD) e, de exclusão, a perda de autonomia, segundo avaliações clínicas e/ou testes cognitivos, e a presença de doença aguda grave ou crônica descompensada.

veja o artigo completo

"A gente somos inútil!"

Comitê Liga de Dor

“A gente somos inútil!” Dias atrás estava ouvindo música dos anos 80 e entre elas estava a  voz de Roger Moreira  do Ultraje a Rigor relembrando-me que: “a gente não sabemos escolher presidente, a gente não sabemos tomar conta da gente, a gente não sabemos nem escovar os dentes... a gente somos inútil” que me fez recordar que minha geração cantava essa música com voz alta e com energia.

veja o artigo completo

O papel do ultrassom na medicina intervencionista da dor

A medicina intervencionista da dor é uma área de atuação médica com objetivo de realizar diagnósticos e tratamentos, em pacientes com dores crônicas, através de procedimentos minimamente invasivos...

veja o artigo completo

O que a experiência de participar de uma Liga de Dor pode te oferecer?

A cada ano novos acadêmicos entram na LIED, no início tímidos, muitos sem saber muito bem o que esperar, sentam-se no fim da sala, com receio de perguntarem ou serem indagados sobre algo.

veja o artigo completo

Dor Pélvica Crônica não Visceral

Comitê de Dor Urogenital

A dor pélvica crônica (DPC) não visceral apresenta-se como dor persistente, de duração prolongada, que não se relaciona com o ciclo menstrual e frequentemente associa-se as disfunções cognitivas, comportamentais, sexuais e emocionais, assim como, aos sintomas do trato urinário baixo, sexual, intestinal, assoalho pélvico e disfunções ginecológicas...

veja o artigo completo

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home